quarta-feira, 23 de julho de 2014

Corpo é encontrado em imóvel alvo de arrastão no litoral do RN

Arthur Barbalho
Do G1 RN
Familiares e amigos encontram corpo em imóvel onde caseiro desapareceu no litoral do RN (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)

O corpo de um homem foi encontrado enterrado no terreno de uma casa na praia de Barra do Rio, no litoral Norte potiguar. O local é o mesmo de onde o caseiro Ozimar Amaro Baracho, de 42 anos, desapareceu após um arrastão ocorrido na noite desta terça-feira (22). O cadáver foi encontrado por familiares e amigos, que aguardam a chegada da polícia para realizar a identificação. Dois homens foram presos suspeitos do assalto.

Um familiar do caseiro, que não quis se identificar, disse que Ozimar Amaro tinha organizado uma festa dias antes do crime, no qual os dois homens presos haviam participado. A família acredita que os dois tenham participação no assassinato.Cerca de 30 pessoas participaram da busca na manhã desta quarta (23). De acordo com familiares, o imóvel pertence a um suiço que não vive no local. O corpo foi encontrado na parte de trás do terreno onde fica a residência. Após o arrastão, a Polícia Militar prendeu dois homens em flagrante. Com ele foram encontrados uma TV, um aparelho celular e perfumes importados.

Uma equipe do Instituto Técnico-Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep) foi chamada para fazer a identificação do corpo. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Extremoz, na Grande Natal.
Casa onde dupla realizou arrastão fica na praia de Barra do Rio, no litoral Norte do RN (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)

HOMICÍDIO EM MACAÍBA

Na noite desta Quarta-Feira (23) na cidade de Macaíba, precisamente no conjunto Alberto Maranhão, no bairro Campo das Mangueiras, foi registrado um homicídio por volta das 18h30min. A vitima foi identificada pelo nome de Heronides, conhecido por "Mosquito" de 36 anos. A esposa da vitima disse que Mosquito estava dentro de casa, quando dois homens ate o momento não identificados pela policia, chegaram a residencia chamando pelo mesmo. Quando a vítima saiu na porta acabou alvejado. 

Fonte: CONNECTTV

Homem é executado dentro de casa em Muriu

Fonte: Sergio Costa/Portal BO Foto: Cedida

Reginaldo Paulino da Cruz, de 36 anos, foi executado dentro de casa na rua Murilândia, em Muriu, distrito de Ceará-Mirim.

De acordo com a polícia, a vítima teve a casa invadida por volta das 2h da madrugada desta quarta-feira (23). Reginaldo dormia quando quatro homens encapuzados arrombaram a porta e atiraram.

Os policiais da região não souberam dizer o que pode ter motivado a execução, no entanto, informaram que o crime tem características de acerto de contas.

Moradores da localidade preferiram o silêncio e não informaram detalhes da ação dos criminosos.

Dupla é presa suspeita de roubar taxista e estuprar garotas de programa em Muriu

Fonte: Portal BO  Fotos: Cedida

Dois homens foram presos, na madrugada desta quarta-feira (23), suspeitos de terem roubado um taxista e de estuprado duas garotas de programa na praia de Muriu. De acordo com a polícia, o taxista e a esposa que o acompanhavam chegaram a ser amarrados no próprio veículo, na beira da praia.

O capitão Harisson, da Companhia da PM em Ceará-Mirim, informou para oPortal BO que os suspeitos Alexsandro Pereira Gomes e Paulo Henrique Pereira Gomes ligaram para duas garotas de programa e pediram que elas fossem até Muriu. As mulheres então pegaram o táxi e indicaram o local para o taxista, que estava acompanhado da esposa no momento que foi solicitado.

Chegando ao ponto indicado pelos dois suspeitos, no entanto, tanto o taxista e a esposa quanto as duas garotas de programa foram surpreendidas. Todos tiveram os pertences roubados e o taxista e a mulher foram amarrados ao carro e deixados na areia da praia.

Já a duas garotas de programa, de acordo com o capitão Harisson, foram levadas para uma casa e estupradas. Em seguida, a dupla fugiu em um veículo Siena, no entanto, acabou sendo surpreendida por policiais militares da Tático Charlie que realizavam diligências naquela área.

Os suspeitos estavam portando um revólver calibre 38 e carregavam os materiais roubados das vítimas. Eles foram levados para a Delegacia de Plantão da Zona Norte, onde foram reconhecidos e autuados em flagrante.

Acusados são condenados por roubo e morte de policial em padaria de Natal

Do G1 RN
Policial civil Ilfran André Tavares de Araújo foi morto ao tentar defender a irmã durante o assalto
(Foto: Arquivo da família)

O juiz Guilherme Newton do Monte Pinto, da 6ª Vara Criminal de Natal, condenou nesta terça-feira (22) quatro homens acusados de participarem do latrocínio (roubo seguido de morte) que aconteceu dentro da Padaria La Via Pane, na Zona Leste da capital potiguar, em abril deste ano. Na ocasião, foi morto a tiros o policial civil Ilfran André Tavares de Araújo, de 51 anos. Ele reagiu ao assalto na tentativa de defender a irmã dele.

Os quatro réus, segundo a sentença, foram condenados a penas que variam de 23 a 26 anos de reclusão, que deverão ser inicialmente cumpridas em regime fechado, e mais 20 dias-multa. Os crimes praticados foram latrocínio, roubo e corrupção de menores.

Acusação

De acordo com a denúncia do Ministério Público, no dia 27 de abril, por volta das 20h, os quatro denunciados, juntamente com um adolescente, se uniram para roubar a Padaria La Via Pane, no bairro de Petrópolis. O MP disse também que, segundo ficou apurado na investigação policial, o acusado Gláucio Herculano Fonseca e o menor entraram na padaria e, cada um fazendo uso de arma de fogo, anunciaram o assalto.


Por fim, Gláucio se dirigiu ao caixa da padaria usando um capacete de motociclista, enquanto o menor, sem cobrir o rosto, abordava os clientes para subtrair seus pertences. Entre os clientes estavam o policial e a irmã dele, que ocupavam uma das primeiras mesas do estabelecimento.Enquanto isso, Alessandro de Freitas Procópio, que dirigia um veículo Celta, foi para a frente do Hospital Universitário Onofre Lopes aguardar o desenrolar da ação. Já Thiago Jerônimo Pinheiro e Marcelo Pegado Correia dirigiram as motocicletas que levaram os dois primeiros até a padaria, possibilitando a rápida fuga do local do crime.

Ainda segundo a acusação, ao ser abordada, a irmã do policial teve apontada contra sua cabeça a arma de fogo empunhada pelo adolescente, o que motivou a reação. O policial entrou em luta corporal com o menor. O adolescente acertou dois tiros em Ilfran, que não resistiu aos ferimentos.

Julgamento
Quando julgou os quatro acusados, o magistrado considerou o fato de todos serem menores de 21 anos, assim como a ocorrência da confissão, obtida no interrogatório da fase policial, quando as vítimas e as testemunhas confirmaram o que foi declarado pelos acusados perante a autoridade policial.

Assim, para o juiz, pelas provas dos autos, a materialidade e autoria delitivas ficaram fartamente demonstradas, de forma a inexistir qualquer dúvida acerca da prática, pelos acusados, das condutas delituosas narradas na denúncia.

terça-feira, 22 de julho de 2014

INSUPORTAVEL

Devido a situação precária da Policia Civil de Macaíba, o Chefe de investigação Raiff e policias mandaram todos os coletes balísticos vencidos, armamentos antigos e equipamentos de informatica sem funcionar para a delegacia geral do RN. ACONNECTTV conversou com o PC Luiz, e relatou que infelizmente a DP de Macaíba conta com 14 agentes, sendo que apenas 08 tem armas e desses oitos 04 tem coletes. Isso fica impossibilitado de poder realizar prisões e levantar provas para poder criminar o acusado. A população macaibense vem sofrendo com os altos índices de criminalidade e a segurança publica andando na contra mão. Policias civis fazem apelo a comissão de direitos humanos da OAB, para tomar as primeiras providencias da verdadeira situação desumana dos agentes.

Fonte: CONNECTTV

Policiais da Homicídios de Natal se manifestam contra saída de delegado

Do G1 RN
Rio Grande do Norte já soma mais de 1 mil homicídios em 2014
(Foto: Matheus Magalhães/G1)

A possível remoção do titular da Delegacia Especializada de Homicídios (Dehom) de Natal, Laerte Jardim Brasil, levou os agentes e escrivães que trabalham com ele a ameaçarem entregar seus respectivos cargos caso a mudança aconteça. De acordo com nota divulgada pela equipe nesta terça-feira (22), o delegado foi informado pela Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol) que seria transferido para a Delegacia Especializada de Atendimento ao Turista (Deatur). Além do titular, a Dehom possui quatro delegados, 24 agentes e três escrivães.

"A decisão de remover o delegado Laerte Brasil da Delegacia de Homicídios revolta os delegados. Se a transferência for concretizada, eu peço para sair", afirma o delegado Raimundo Rolim, que também é contra a mudança. O G1 tentou contato com o delegado geral da Polícia Civil potiguar, Adson Kepler, mas as ligações telefônicas não foram atendidas nem retornadas. Já o próprio delegado Laerte Brasil, prefere não se pronunciar sobre a situação.

A nota explica que o delegado Laerte Brasil foi o principal idealizador dos projetos de implantação de uma Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) no Rio Grande do Norte, além de ter lutado para que a Delegacia de Homicídios realizasse as investigações de crimes contra a vida desde o local do crime até a conclusão do inquérito policial.

"Ao longo de 10 anos o delegado vem lutando pela criação desta divisão e agora surpreendentemente lhe foi oferecido um 'prêmio' para ir para a Força Nacional em troca da renúncia de seu projeto, que ele mesmo denomina de 'sonho', um ideal perfeitamente possível e exaustivamente pesquisado, elaborado e adaptado às exigências da Cúpula de Segurança do Estado, mas que por motivos não alcançados pelo efetivo que compõe esta delegacia, jamais saíram do papel, em uma evidente omissão às mais de mil mortes já alcançadas apenas no ano de 2014" (SIC), diz a nota.

Os agentes e escrivães encerram a mensagem informando que colocarão seus cargos à disposição da Diretoria de Polícia da Grande Natal (DPGran). Os servidores acrescentam que estão prontos para servir em qualquer outra unidade policial.

Leia a nota completa

Todos os agentes e escrivães lotados nesta Delegacia Especializada de Homicídio – DEHOM Natal repudiam com veemência a transferência do Delegado Laerte Jardim Brasil para a Delegacia Especializada de Atendimento ao Turista- DEATUR, pois o referido Delegado foi o principal idealizador dos projetos de implantação de uma Divisão de Homicídios e proteção a pessoa(DHPP), em constante luta para que a delegacia de Homicídios realizasse as investigações de crimes contra a vida desde seu nascedouro, ou seja, do local de crime até a conclusão do Inquérito Policial, visto que atualmente, as atribuições da referida Especializada encontram-se anacrônicas e em desacordo com a tendência nacional. Não obstante, tamanha luta é compatível com sua pessoa, desde o início comprometida com a instituição Polícia Civil e principalmente com a investigação de crimes contra a vida (CVLI).

Despicienda a necessidade de enumerar a contribuição do referido Delegado no combate a esse tipo de crime, visto já ter realizado inúmeras prisões e operações, inclusive desarticulando um dos maiores grupos de extermínio atuantes na Região Metropolitana de Natal.

Ao longo de 10 anos vem lutando pela criação desta Divisão e que agora surpreendentemente lhe foi oferecido um “prêmio”, para ir para a Força Nacional, em troca da renúncia de seu projeto, que ele mesmo denomina de “sonho”, um ideal perfeitamente possível e exaustivamente pesquisado, elaborado e adaptado as exigências da Cúpula de Segurança do Estado, mas que por motivos não alcançados pelo efetivo que compõe esta delegacia, jamais saíram do papel, numa evidente omissão às mais de mil mortes já alcançadas apenas no ano de 2014.

Desta feita, diante de tal quadro, os agentes e escrivães desta Especializada irão propor a sua remoção e pronta disponibilidade à Diretoria de Polícia da Grande Natal – DPGRAN para que exerça o que entender de direito, ressaltando que são policiais civis do Estado do Rio Grande do Norte e estão prontos para servir em qualquer unidade policial.

Agentes e Escrivães da DEHOM.

Polícia prende suspeitos de tentativa de explosão a banco no Oeste do RN

Do G1 RN
Fotos tiradas no dia do crime mostram vidraças estilhaçadas pelos disparos e a arma encontrada com o suspeito morto (Foto: Marcelino Neto/O Câmera)

Dois homens foram presos na manhã desta terça-feira (22) suspeitos de tentarem explodir os caixas eletrônicos de uma agência do Bradesco na região Oeste do Rio Grande do Norte. O crime aconteceu na madrugada de 5 de junho deste ano na cidade de Baraúna. Na ocasião, um dos supostos criminosos, identificado como Luzimar Alexandre, morreu ao trocar tiros com a polícia. Os mandados de prisão foram cumpridos na cidade de Mossoró, também na região Oeste potiguar.

A ação foi frustrada quando a Policia Militar foi acionada pela empresa responsável pela segurança, que recebeu um alerta de arrombamento na agência. Os militares encontraram as portas abertas e dois indivíduos no interior do estabelecimento. Enquanto um preparava os explosivos para detonar os terminais, o outro cuidava da segurança. Ediondas foi reconhecido por um dos policiais que atenderam a ocorrência.Os suspeitos detidos foram identificados como Ediondas Duarte Costa Júnior, de 27 anos, e Heider Mendes da Silva Júnior, de 37 anos. De acordo com a delegada Marina Tofollis, Luzimar Alexandre e Ediondas Duarte estariam dentro da agência preparando o material para explodir os caixas, enquanto Heider Júnior dava apoio do lado de fora da agência em um carro preparado para dar fuga.

Os presos foram conduzidos à Delegacia Regional da Policia Civil, onde foram ouvidos. Depois, encaminhados à Cadeia Pública de Caraúbas.

Com bolo, população 'celebra' 1 ano de interdição de delegacia em Natal

Fernanda Zauli
Do G1 RN
Moradores se reuniram em frente à 7ª DP para protestar
(Foto: Kleber Teixeira/Inter Tv Cabugi)

Moradores do bairro das Quintas, na zona Oeste de Natal, organizaram uma 'festa de aniversário' para marcar um ano de interdição da 7ª Delegacia de Polícia que funcionava no bairro. A 7ª DP foi interditada pela Vigilância Sanitária no dia 23 de julho do ano passado. À época, a Coordenadoria de Vigilância Sanitária (Covisa) alegou que o prédio apresentava condições insalubres de trabalho com "paredes mofadas e cheiro insuportável".


Com a interdição da delegacia do bairro das Quintas, o atendimento da 7ª DP foi transferido para a 14ª DP, localizada no bairro de Felipe Camarão. "O problema é que Felipe Camarão é longe. A comunidade deixa de registrar as ocorrências, poucos moradores vão pra lá por causa da distância", disse Vanderson Gomes, de 30 anos, integrante do Fórum de Moradores e Amigos das Quintas.Com bolo, refrigerante e balões, os moradores pediam o início da reforma do prédio que sequer começou. O G1 tentou contato com a diretoria administrativa da Delegacia Geral da Polícia Civil do RN, responsável pelas estruturas das DPs, mas os telefonemas não foram atendidos.

Segundo ele, o objetivo do protesto é sensibilizar o poder público para que a situação seja resolvida já que desde a interdição não há nenhum sinal de obra no local. "Não começou reforma nenhuma e já faz um ano que nosso bairro está sem delegacia. O governo precisa resolver ", disse.

A vice-presidente do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do RN (Sinpol), Renata Pimenta, confirmou que os atendimentos da 7ª DP continuam sendo realizados em Felipe Camarão. Ela ressaltou que o Sinpol tem feito reuniões com lideranças comunitárias de vários locais para alertar a população de que é preciso se mobilizar para exigir que o governo dê condições de trabalho aos policiais.

"A população está desassistida e a responsabilidade é do governo que não oferece a estrutura mínima de trabalho para os policiais. Neste caso específico, o atendimento já era complicado na 7ª DP por causa da situação do prédio, e agora com tudo amontoado na 14ª DP não está melhor", disse.

7ª DP foi interditada no dia 23 de julho de 2013
(Foto: Ivenio Hermes)

Mulher é morta a tiros em Mãe Luiza

Fonte: Portal BO  Foto: Cedida
Uma mulher ainda não identificada foi morta a tiros, na madrugada desta terça-feira (22). O crime aconteceu no bairro de Mãe Luiza, mais precisamente na rua Atalaia, por volta das 2h, de acordo com relatos de moradores que ouviram disparos de arma de fogo nesse horário.

O corpo, no entanto, foi encontrado ao amanhecer. No momento em que foi encontrada, a mulher estava vestindo um short e apenas sutiã, sendo que parte dos seios estava de fora. Além disso, havia uma bolsa e roupas ao lado do corpo.

A polícia suspeita que a vítima possa ter ido encontrar alguém e acabou sendo morta, mas a motivação ainda é desconhecida. O caso deverá ser investigado pelo 4º Distrito Policial, localizado no próprio bairro de Mãe Luiza.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

SANTA CRUZ/RN: HOMEM MATA A ESPOSA E COMETE SUICIDO EM SEGUIDA

VÍTIMA
Fonte: Blog do Elvis 

Informações dão conta de que um homem identificado como RAIMUNDO ROMERO DA SILVA VULGO PAI VEIO DE 38 ANOS teria matado sua esposa a golpes de faca, uma mulher identificada como MARIA JOSÉ GOMES DE LIMAconhecida por MÁRCIA DE 41 ANOS em sua residência na Rua Pedro Severino Bezerra, bairro Paraíso próximo a (IFRN) aqui em Santa Cruz. Informações passadas por uma das filhas da vitima dão conta de que teria chegado a casa da mãe e a chamou bastante e a mãe não respondeu e ela teria continuado a chamá-la. Sem pensar duas vezes a filha teria entrado na residência e deparou se com sua mãe morta. Informações chegadas até o nosso blog é que o atual esposo de Márcia teria cometido o crime e depois se matado. A policia ao chegar no local encontrou o corpo do rapaz em outro cômodo da casa. O ITEP já foi avisado e esta se deslocando para o local.

Postagem PM Currais Novos

Crime de homicídio agora a pouco em Mossoró. Homem é executado no bairro Paredões.

PASSANDO NA HORA

Mais um crime de homicídio foi registrado na cidade de Santa Luzia. O crime ocorreu na Rua Marechal Floriano, conhecida como "Rua das Carnaúbas" no bairro Paredões, por volta das 20:00hs desta segunda feira, 21 de Julho de 2014.
Vanderley Alves de Souza, 30 anos, foi alvejado por disparos de arma de fogo e morreu antes de receber socorro médico ainda no local. Segundo as primeiras informações que são poucas é que dois elementos em uma BIZ seguiram a vítima que estava em uma POP amarela e efetuaram vários disparos de pistola no mesmo. Segundo uma pessoa no local, eles descarregaram a pistola, primeiro foi uma sequência de 6 disparos em seguida após ele cair mais uma sequência de tiros a queima roupa; Depois dos tiros eles fugiram em sentido ignorado. A delegacia de Homicídios DEHOM investigará mais esta morte na cidade. Informações que a vítima teria tido um desentendimento com um parente, e que saiu de casa para matar ele, outra informação que a motivação pode ser envolvimento dele com o tráfico de drogas.

O Câmera 2
PASSANDO NA HORA

Postagem do Passando na Hora


Após tiroteio, polícia recupera carro roubado em saidinha de banco em Petrópolis

Fonte e Foto: Sérgio Costa / Portal BO

Uma mulher foi assaltada, ao sair de uma agência bancária no bairro de Petrópolis, na noite desta segunda-feira (21). Ela estava em um veículo Ecosport e tinha acabado de fazer um saque em um banco quando foi abordada por dois criminosos.

Os dois homens estavam armados, tomaram o dinheiro, obrigaram a mulher a descer do carro e levaram o veículo. A polícia rapidamente recebeu informação do roubo e já em diligências visualizou o veículo entrando no bairro de Mãe Luiza.

Eles saíram em diligências e encontraram o carro abandonado na rua São Francisco. Os dois suspeitos conseguiram escapar pulando os muros das residências e com armas em punho. Eles chegaram a atirar nos policiais, que revidaram.

O cabo Messias, da Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), disse ao Portal BO que os assaltantes perceberam que estavam sendo seguidos e, por isso, deixaram o carro da vítima para trás, pois teriam mais facilidades de fugir correndo pelas ruas estreitas de Mãe Luiza.

"NEGO DE ZÉ PINGUELO" é morto a tiros em Laranjeiras do Abdias a 23 Km do centro de São José de Mipibu


Por volta das 21h deste domingo(20), Leandro Xavier de 29 anos de idade, estava em uma moto levando na garupa, sua esposa e seu filho de 7 anos de idade. O mesmo saía de um bolão de vaquejada que acontecia na comunidade de Laranjeiras do Abdias distrito de São José de Mipibu quando foi surpreendido por dois homens também em uma moto e efetuou um disparo contra a cabeça de Leandro.

"NEGO DE ZÉ PINGUELO" como era mais conhecido Leandro, ferido com um tiro na cabeça, perdeu o controle da moto e bateu em uma cerca de arame. Depois de caído segundo informações da polícia, um dos suspeitos, no caso o garupa, desceu e atirou varias vezes na vítima. A esposa da vítima e a criança, não se feriram. Segundo informações da Polícia, os suspeito queriam mesmo era apenas Leandro já que o filho e a esposa de do mesmo foram poupados dos disparos.
Ainda segundo o PM Rafael da guarnição 320, informou ao Digital Mipibu que o "NEGO" já teria assassinado uma pessoa a golpes de facadas durante uma festa na mesma comunidade há 3 anos, o que para polícia não quer dizer este caso deste domingo, possa ser um acerto de contas. O SAMU ainda foi acionado mas Leandro morreu antes mesmo da ambulância chegar. Leandro, entra para estatística de morte de São José de Mipibu e ocupa o número de 34 homicídio este ano.

Postado por Digital Mipibu

CRIME DE HOMICÍDIO EM GROSSOS-RN

Na foto Alex Bandeira no dia em que foi preso por por porte ilegal de arma 
BLOG PASSANDO NA HORA

Alex Bandeira Alves de 32 anos, que é acusado de ter contratado um pistoleiro para matar Roberto Nunes Freitas de Sousa, o Roberto do Detran, fato este ocorrido na Pizzaria Forno à Lenha, no bairro Nova Betânia, no dia 28 de dezembro de 2002 que foi um dos crimes de homicídio mais comentado na mídia mossoroense,foi assassinado por volta das 7h30m da manhã de hoje, segunda-feira 21 de julho de 2014.Esse é o 1° homicídio do ano na cidade de Grossos.De acordo com as primeiras informaçõs Alex foi morto no cruzamento da Rua Expedicionário com a Travessa Sebastião Nóia. O mesmo tinha ido deixar seu filho na escola, e foi seguido por um carro ainda não identificado e ao retornar para a sua residência os elementos efetuaram vários disparos de arma de fogo contra o mesmo. Ele foi socorrido para o Hospital Flaviana Jacinta, mais chegou na unidade sem vida. O crime será investigado pelo delegado regional Renato Batista.

Alex foi preso no dia 10 de setembro de 2013 por porte ilegal de arma 
Movimentação de curiosos em frendo ao hospital (Foto Facho de Grossos)

Postagem Passando na Hora