domingo, 4 de outubro de 2015

CRIME DE HOMICÍDIO EM MOSSORÓ,MULHER É ASSASSINADA NO BAIRRO PAREDÕES

O Centro Integrado de Operações e Segurança Pública (CIOSP) Mossoró, registrou mais um crime de homicídio no início da madrugada deste domingo noi 04 de outubro de 2015.A ação criminosa ocorreu na Rua Augusto da Escossia no Bairro Paredões.De acordo com as primeiras informação uma mulher identificada como Mércia Freire de Mendonça, de 30 anos de idade,foi baleada por um vizinho nas costas após uma discussão,Segundo a polícia, o alvo dos disparos seria uma tia da vítima.
Marquinhos está sendo procurado
O acusado conhecido apenas como “Marquinhos” morava vizinho a vítima. Segundo informações de familiares, há mais de 10 anos, o acusado teve um namoro com uma sobrinha de vítima e depois que terminaram, o tal Marquinhos começou a perturbar, chegando a jogar pedras em cima da residência da família. Por várias vezes o caso foi registrado nas delegacias de polícia da cidade. No final da noite de ontem, 03, quando a família chegou em casa, o acusado voltou a jogar pedras no telhado da residência e quando Mércia, estava saindo de casa para procurar a polícia, foi baleada com cerca de 04 disparos e morreu quando estava sendo socorrida para a UPA do Santo Antônio, Esse é o 120º crime de homicídio em Mossoró em  2015.



Foto do destaque do Câmera

DOIS TRAVESTIS SÃO PRESOS ACUSADOS DE ASSALTO EM MOSSORÓ-RN

Policiais da Força Tática prenderam na tarde de sábado 03 de Outubro de 2015, dois travestis acusados de assalto em Mossoró Rio Grande do Norte.Breno Daniel de Oliveira e Paulo Henrique Cavalcante foram presos em uma residência na Rua Isaura Rosado abolição III com vários celulares roubados.Segundo informações, um cidadão foi assaltado, agredido e teve seu celular roubado por um grupo de travestis.Os policiais conseguiram chegar até os acusados através do sistema de rastreamento do aparelho, na casa onde os mesmos estavam foi encontrado o celular roubado e mais 08 celulares que haviam sido furtados na vaquejada de ontem.Os dois foram conduzidos até a delegacia onde foram apresentados ao delegado de plantão, até o momento três vítimas já compareceram para recuperar seus objetos, o delegado aguarda que mais vitimas apareçam.

O Câmera

PRESO DO REGIME SEMI-ABERTO DA PENITENCIÁRIA MÁRIO NEGÓCIO É ENCONTRADO MORTO A FACADAS

O preso do regime semi-aberto da Penitenciária Agrícola Mário Negócio que fica localizada as margens da RN 015 em Mossoró no Rio Grande do Norte,identificado como Jefferson Vieira Lopes da Silva que completou 19 anos ontem foi encontrado morto na manhã deste sábado 03 de outubro de 2015.Segundo a direção da unidade Jefferson, no mesmo dia, em companhia de outro detento quebrou os combogós da entrada de ar e fugiram.Jefferson Vieira era acusado de um duplo homicídio no bairro Santo Antônio, onde um senhor de 60 anos e uma menina de 8 anos foram as vitimas mais cumpria pena por assalto.O mesmo foi encontrado próximo a serraria do complexo penitenciário esfaqueado com cerca de 30 perfurações.O ITEP foi acionado e fez a remoção do corpo para a sede do órgão para os procedimentos de necrópsia.Essa é a 119ª Morte violenta em Mossoró em 2015.Ninguém no presidio soube informar o que teria acontecido e nem quem foi o responsável pela morte do detento.

Mais imagens AQUI!!!

COLISÃO ENTRE MOTOS DEIXA DUAS VITIMAS FATAIS NA BR 110

Uma colisão frontal entre motocicletas deixou duas pessoas mortas na madrugada de hoje, 04 de outubro, próximo ao Assentamento Caravela, na conhecida estrada de Golinha, na zona rural de Areia Branca. Jean Alves Rosa de 38 anos de idade, morador do Assentamento Caravela, trafegava de motocicleta e bateu de frente com outra motocicleta que estava sendo conduzida por Celso Francisco Neto, de 32 anos de idade, vigia, que residia na Vila Paraíba, na Serra do Mel. Os dois morreram no local. Segundo informações de Judith Leite, esposa de Jean, ele saiu de casa por volta de meia noite para uma movimentação festiva na comunidade de Pedrinhas, em Areia Branca e morreu quando estava retornando para casa, por volta de 2 horas da manhã de hoje. A família de Celso informou a polícia que ele saiu de casa na Serra do Mel, dizendo que iria para a mesma festa, de onde Jean estava retornando. No meio do caminho, o mesmo ia pegar a namorada para leva-la a festa. A colisão foi frontal, mas a Polícia ainda não sabe quem invadiu a faixa contraria da via. O corpo de Jean foi encontrado em cima da motocicleta, do lado contrário “Contramão” de onde ele retornava. A moto e o corpo de Celso foram encontrados fora da pista, mas do lado “Mão certa” que ele trafegava pela via. Tanto a polícia como a família acreditam que os dois condutores tinham bebido antes de saírem de casa e no meio da viagem. O delegado responsável pela investigação deverá solicitar ao médico legista de plantão, o exame para verificar o nível de álcool no sangue das vítimas..

Mais imagens AQUI!!!

Texto O Câmera
Fotos Whatsapp

Quadrilha explode caixa eletrônico na reitoria da UFRN em Natal/RN

Aproximadamente oito bandidos, de acordo com a polícia, invadiram o prédio da reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, na noite deste sábado (3), e explodiram um caixa eletrônico do Banco do Brasil instalado no local. A quadrilha conseguiu levar dinheiro, mas ainda não se sabe quanto. De acordo com policiais do 5º Batalhão da Polícia Militar, os oito homens estavam armados com fuzis e foram direto para o prédio da reitoria. A ação deles foi rápida e não deu tempo a guarda interna da UFRN agir. No entanto, a polícia descobriu que os criminosos estavam em dois carros, sendo um Ford Ka de cor branca e um Ideia prata. Os policiais contaram que os dois veículos foram abandonados pelos criminosos no bairro de Mirassol. Depois disso, não se sabe ainda em quais carros eles teriam fugido. Várias equipes da PM foram acionadas e realizam diligências para tentar localizar os suspeitos.

Sergio Costa

PM mata cinco pessoas da sua família e se suicida no sul de Minas

Casal vinha passando por dificuldades no relacionamento e estavam brigando muito.


Um militar reformado se suicidou  após matar o sogro, a sogra, a enteada, a filha adotiva e a mulher. A tragédia aconteceu na casa da família uma chácara na região de Extrema (MG), divisa entre São Paulo e Minas Gerais, por volta das 19hs, da última sexta-feira (2). De acordo com informações iniciais, vizinhos escutaram os tiros e chamaram a Polícia Militar. Quando os PMs chegaram, a chácara estava fechada e foi necessário que os policiais pulassem o muro para entrar no local. Quando eles começaram a fazer a vistoria, encontraram os seis corpos. A filha adotiva do PM, de 12 anos, e a enteada, de 14, foram mortas no quarto. Os corpos do sogro e da sogra estavam em uma cozinha externa. A mulher do policial foi morta no banheiro e bem perto dela estava o corpo do PM. Cápsulas de pistola foram encontradas perto de todas as vítimas, o que sugere o uso do mesmo tipo de arma. Ainda chocados com o que aconteceu, os parentes disseram à polícia militar de Minas Gerais que o casal vinha passando por dificuldades no relacionamento e estavam brigando muito. O caso foi registrado no Batalhão de Polícia da cidade de Extrema.
A polícia foi chamada por volta das 19h. A suspeita é que o policial tenha se desentendido com a mulher, que foi morar junto com as filhas na casa dos pais. Ele continuava na casa da família, que fica bem ao lado da chácara onde o crime aconteceu, na estrada que liga Extrema ao município de Toledo (MG). Quando os policiais chegaram ao local, todos já estavam mortos. A esposa do militar, Kátia, foi encontrada no banheiro da casa. A enteada Kamila Marques de Morais Silva, de 14 anos, e a filha adotiva do casal, Evellyn Marques da Silva, de 12, foram encontradas em um dos quartos. O sogro dele e a mulher, José Ribamar de Morais, de 68 anos, e Crenisa de Souza Amorim, de 43, estavam na cozinha externa da chácara.O policial militar reformado Devaldir Teodoro, que também tem uma chácara na região, diz que Silva trabalhava no batalhão de choque, em São Paulo, e não costumava falar muito. "Era um vizinho mais próximo que era PM também, então a gente procura fazer uma amizade, ter uma união quando precisar. Mas foram poucas palavras também [que trocamos], não cheguei a conhecer ele realmente. Ele não era muito de conversar", conta. Os seis corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Pouso Alegre (MG), e até a publicação desta reportagem, não havia previsão da liberação para o sepultamento. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Extrema.

R7/G1

Marido ciumento mata mulher e enteada de 15 anos a facadas em João Pessoa

Suspeito morava com as vítimas há mais de dez anos e fugiu após cometer os assassinatos.
Mãe e filha foram encontradas mortas na casa em que moravam em João Pessoa (PB) na manhã da ultima quinta-feira (1º). Um homem identificado pela polícia como Givanildo Marcolino dos Santos é o suspeito de matar a mulher Cláudia Bernardino dos Santos, de 44 anos, e a enteada, Vitória Sousa, de 15 anos. O crime ocorreu na madrugada,as duas foram mortas a facadas. De acordo com a polícia, o suspeito morava com a mulher e a filha dela há mais de dez anos. No entanto, o casamento dos dois estava tumultuado porque o homem era muito ciumento. Segundo um policial que atendeu à ocorrência, o suspeito sentia muito ciúmes da enteada. — Ele morava com as vítimas há mais de 10 anos e atentou conta a vida das duas com uma faca de mesa. O casamento estava tumultuado porque ele tinha um ciúme possessivo da Vitória. Vizinhos da família relataram que nunca suspeitaram do homem e que ele era “uma pessoa normal” e “sempre foi tranquilo“. Após cometer os crimes, o suspeito ligou para a filha e disse que "havia feito uma besteira". Sem acreditar no pai, a jovem entrou em contato com outra filha da vítima que foi até o local e verificou que a mãe e a irmã estavam mortas. O suspeito fugiu. A polícia ainda não tem pistas de seu paradeiro.

 R7

sábado, 3 de outubro de 2015

[VÍDEO] Herói pega arma de policial ferido e mata bandido após tentativa de assalto

Um tiroteio assustou os moradores na manhã desta sexta-feira (2), em Sulacap, na zona oeste do Rio. Dois bandidos tentaram assaltar dois policiais, o sargento Marcelo de Moraes e o cabo Antônio Carlos Dias Leite, a dupla seguia para o Batalhão em Olaria quando foram abordados. Houve troca de tiros e um dos bandidos fugiu e o outro foi baleado. A ação aconteceu na Avenida Marechal Fontenelle. Ao se aproximar do homem caído no chão, Moraes foi surpreendido pelo bandido que estava armado e foi morto com dois tiros. O cabo Antônio Leite que também havia sido ferido começou a gritar e um jovem que trafegava pelo local parou para ajudar, pegou a arma do cabo e atirou contra o criminoso. Em seguida, o "herói" do dia, levou o PM ferido para o hospital em Realengo. Conforme apurou o jornal O Globo, o delegado Rivaldo Barbosa, da Divisão de Homicídios, está investigando o caso. "Ele ajudou o policial a se defender. Como cidadão, entendemos que agiu em legítima defesa. Sua conduta foi elogiável. Se considerarmos que policiais civis e militares trabalham como heróis no Rio, podemos dizer que esse rapaz também foi um herói ao salvar o PM. Se não fosse ele, os dois policiais teriam morrido. Vamos aguardar o laudo pericial para definir a responsabilidade de cada um no caso", esclareceu Rivaldo, Veja o momento da ação:

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

PÁ CAI DE CAMINHÃO E PROVOCA GRAVE ACIDENTE NA BR 110 EM MOSSORÓ-RN,UMA PESSOA MORRE

A Polícia Rodoviária Federal registrou um grave acidente tipo capotamento na BR 110 estrada que liga Mossoró a Cidade e Areia Branca no Rio Grande do Norte no final da manhã desta sexta feira 02 de outubro de 2015.Segundo informações do condutor do FORD FIESTA de cor vinho placas MYA 7395 Areia Branca-RN,o mesmo seguia na BR quando uma pá caiu de um caminhão que seguia a sua frente e na tentativa de desviar perdeu o controle do carro vindo a capotar.Três mulheres que seguiam como passageiras ficaram feridas Francisca Paula Fernandes 30 anos de idade,Maria auxiliadora medeiros 32 anos de idade foram socorridas por uma ambulância BRAVO.A terceira vítima Katia Mirla de Souza Luz, 22 anos, foi socorrida em uma Unidade com Suporte Avançado “Alfa”, para o Hospital Regional e não resistiu morrendo as 13:30hs.Já o condutor do carro que estava bastante assustado não ficou ferido.
Vítima fatal/Reprodução Facebook


Vítima que foi socorrida em estado gravíssimo




Suspeitos por homicídio e roubo são presos em Macaíba-RN

Uma equipe da Delegacia de Polícia Civil de Macaíba prendeu, na manhã desta sexta-feira (02), Francisco Evandro Paiva Lima, vulgo “Toquinho” (19 anos) e José Marcos Miranda da Silva, conhecido por “Thuck” (19 anos). José Marcos Miranda da Silva foi detido em flagrante após a Polícia Civil ter recebido denúncias informando que o suspeito estaria portando uma arma de fogo e que vinha realizando assaltos na cidade. Quando os policiais chegaram até o local indicado, encontraram o suspeito com um revólver 38 e munições. Francisco Evandro Paiva Lima, vulgo “Toquinho” (19 anos) foi preso em cumprimento a um mandado de prisão por ser suspeito de ter matado Alexandro Furtado da Silva, em 15 de agosto deste ano.

Polícia identifica e divulga fotos de suspeitos de matar PM em Parnamirim/RN


Os policiais da Delegacia de Homicídios já têm a identificação dos dois homens que teriam tentado assaltar e matado o soldado PM Márcio de Sousa Costa, de 38 anos. O crime aconteceu no dia 18 de setembro, quando o policial estava acompanhado da esposa, chegando à casa de uma amiga.Os homens apontados como autores do crime são: José Suênio Fernandes da Silva e Jean Luiz Galvão. Os dois foram filmados durante a ação contra o PM Costa. Quem tiver alguma informação pode ligar para a polícia e denunciar, através do telefone 3232-1860. 

 Irmãos presos
Um dia após a morte do policial, os irmãos Cassiano Guilherme do Nascimento, de 26 anos, e Cadiane Guilherme do Nascimento, de 19 anos, foram presos na própria cidade de Parnamirim, com um revólver calibre 38. A arma foi a usada por dois homens no crime do soldado Costa. Os dois irmãos seriam amigos da dupla que matou o policial. De acordo com os irmãos presos, na noite desta sexta-feira um dos criminosos chegou bastante nervoso até eles e entregou o revólver, pedindo que eles a escondessem.

Sergio Costa

Mãe ofereceu moto e virgindade da filha de nove anos para o marido não ir embora de casa

A história de terror na vida de três irmãs uma com nove anos, outra com 13 e a mais velha com 16 tem novos capítulos ainda mais arrepiantes. A delegada que investiga o caso, Ana Paula Farias, da Delegacia de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, ouviu de uma testemunha que a mãe das meninas teria oferecido a virgindade da filha mais nova e uma moto caso o padrasto das meninas não fosse embora de casa. Segundo a delegada, Alex Junior Correia Campos, 21 anos, acusado de cometer os abusos, sempre que brigava com a esposa, Jucinei Marcelina de Carvalho, fazia algum tipo de chantagem e ganhava as filhas como “presente”. “Ele sempre foi beneficiado com ‘caprichos’ da mulher. Há quatro anos ele ganhou a virgindade da menina que hoje tem 13 anos. E esse ano, quando novamente brigaram, a Jucinei, mãe das crianças, disse que se ele não terminasse o relacionamento iria ganhar uma moto e a virgindade de sua outra filha, que hoje tem nove anos”, contou a delegada. A situação só teve fim quando a adolescente de 13 anos, no último tia 24 de setembro, conseguiu fugir dos braços do padrasto e contar tudo para uma vizinha, que imediatamente acionou o restante da família da jovem e logo contaram à polícia. O depoimento da criança de nove anos foi o que mais comoveu a polícia, depois de tudo que já foi contado. Ela afirmou que a mãe era conivente com a ação e até assistia os atos praticado por Alex. A criança afirmou que Alex Junior obrigava a irmã a manter relações sexuais sob ameaças de morte. Ele chegou ao ponto de picotar o cabelo da menina “para que ela não ficasse bonita para os outros”. Além disso, ela tem vários hematomas pelo corpo, sinais de espancamento causados pelo rapaz. A delegada Ana Paula fez o pedido de prisão para o casal, que será autuado por estupro de vulnerável e agressão física. Por enquanto, eles apenas prestaram depoimentos, negaram todo o acontecido e fugiram da cidade.

Por: MAX AGUIAR

Foto reprodução